Sequelas persistem em 60% dos pacientes após um ano da infecção

Sequelas persistem em 60% dos pacientes após um ano da infecção