00:00
25:58
Nesse episódio, vamos explorar a curiosa tendência que as pessoas têm de pensar, de dizer e de fazer a pior coisa possível em cada ocasião. Segundo o pesquisador Daniel Wegner, do departamento de Psicologia da Universidade de Harvard, isso se deve aos chamados “processos irônicos de controle mental”: os mesmos mecanismos que nos alertam e procuram nos proteger em relação aos piores cenários possíveis acabam favorecendo o desencadeamento dos mesmos comportamentos e pensamentos que procuramos evitar.

Link para o artigo “How to Think, Say, or Do Precisely the Worst Thing for Any Occasion”, de Daniel M. Wegner: https://estude.link/wegner
Nesse episódio, vamos explorar a curiosa tendência que as pessoas têm de pensar, de dizer e de fazer a pior coisa possível em cada ocasião. Segundo o pesquisador Daniel Wegner, do departamento de Psicologia da Universidade de Harvard, isso se deve aos chamados “processos irônicos de controle mental”: os mesmos mecanismos que nos alertam e procuram nos proteger em relação aos piores cenários possíveis acabam favorecendo o desencadeamento dos mesmos comportamentos e pensamentos que procuramos evitar. ↓ Link para o artigo “How to Think, Say, or Do Precisely the Worst Thing for Any Occasion”, de Daniel M. Wegner: https://estude.link/wegner read more read less

2 years ago #autoconhecimento, #autocontrole, #capacitação, #cognição, #comportamento, #comunicação, #controle-mental, #daniel-m-wegner, #desenvolvimento-pessoal, #dizer, #emoção, #fazer, #harvard, #inteligência-emocional, #monitoramento, #pensar, #pior-coisa-possível, #processos-irônicos, #psicologia, #relacionamento-humano